#Lomo - La Sardina 35 mm

31 de julho de 2014

Aqui fica o primeiro rolo revelado da La Sardina. Fiquei fã da maquina. Muito simples de usar e com imagens brutais, não acertamos sempre com o longe e o perto, mas da próxima já sabemos.








#Lomo - Fisheye

30 de julho de 2014

Revelamos um rolo que se encontrava numa fisheye e como ainda não tinha postado aqui fotos dessa maquina cá ficam algumas.

S. Bento - Porto

Porto

Porto

Vila do Conde - dupla exposição

Alvor 

Esta máquina precisa de um ambiente com muita luz, caso contrário fica com muito grão e com pouca qualidade.

Adoptar ou não adoptar?

Eu sou fácil de levar às lágrimas, muito mesmo. Qualquer filme, livro ou música bonita consegue pôr-me a lacrimejar. Mas este vídeo, dedicado aos animais abandonados e maltratados, homenageando aqueles que ajudam estes animais sem receber nada em troca, levou-me mesmo às lágrimas. Custa-me perceber como há seres humanos tão maus, mas isso já é outro assunto.



Depois de ver este vídeo, queria deixar aqui a minha experiência sobre adoptar animais, pode ser que incentive alguém.
Tenho cinco gatos, todos eles adoptados de associações que recolhem  animais da rua, ou mesmo da rua. Seria incapaz de comprar um animal (de raça ou não), seria como querer "escolher" um filho loiro, de olhos azuis, só porque é mais "bonito".
Tenho também muito orgulho em dizer que salvei cinco gatos da rua. São uns lindos e fazem parte desta família. E para quem esteja a pensar em adoptar um animal já com histórico, só posso dizer, que não tenho más experiências, cada animal é diferente, com caracteristicas estranhas, mas os animais adaptam-se. Por isso não tenham medo, se estiverem a pensar em adoptar, adoptem.

 Gaudi - 7 anos, surdo e não gosta de gatos machos, mas é um fofo, aquece os pés, avisa-nos que é hora de comer e está sempre por perto.

Caxemira - 5 anos, muito meiga, só quer colo.

 Fofinha - 7 anos, é cleptómana. Rouba tudo o que pode pelo sim pelo não. A minha família nunca passaria fome com ela, traz pombas, costeletas e postas de bacalhau da vizinhança. Adora pão, meias e não mia.

 Prinçusa - 3 anos. Tímida, adora paraquedismo sem paraquedas, aposta forte em bater os recordes do Guiness sobre atirar-se de uma janela sem partir ossos. Está no bom caminho.

Mimi - 3 anos. A coisa mais fofa do mundo, trouxemos-la da rua e nunca tivemos problemas com ela, só quer festas e mia baixinho a exigir carinho.


The cameras we bring

24 de julho de 2014


Encontrei este video: "The Cameras We Bring" no facebook e fiquei encantada. Identifiquei-me com aquelas tralhas, em tudo parecido com os meus gostos, as coisas que andam comigo, as coisas que levo de férias... Achei o máximo.

Adoro!

14 de julho de 2014

Adoro o calor e o sol e as piscinas de água morna.
Adoro os dias compridos e sem horários, adoro fazer saladas frescas. Adoro as noites quentes, tão quentes que aborrecem e nos fazem suar, mas de tão quentes que são, são fantásticas.
Adoro a areia, o mar, as conchas...

Adoro o verão!

Livros e Máquinas Fotográficas nunca são demais.

12 de julho de 2014

Prestes a fazer a mala para ir passar uma semaninha junto à praia a minha eterna duvida renasce, quanto livros levar na mala. Usualmente sou prática e despachada, sei as tarefas que me faltam realizar, qual a melhor ordem para elas, o que comprar, levar, etc. Mas quando falamos de malas, ui, ui.

Levo sempre coisas a mais. Acho sempre que pode dar jeito ou que vou precisar de mais aquela outra coisa. Gosto de levar portátil, cadernos, livros, máquinas fotográficas, enfim.

Desta vez como somos 5 a ir no carro, achei por bem limitar o número de malas por pessoa, o que é giro!

Então a dúvida que persiste, quantos livros levo para 6 dias? E máquinas fotográficas? Uma analógica, uma digital e uma lomo? e qual digital? A minha D5100? Não estou a ver! E qual analógica? Uma já testada de preferência para não ficar sem fotos de férias.
Pois!
Decisions, decisions!


#Art Journaling

10 de julho de 2014

As férias já serviram para ver muitos vídeos de art journaling e de ver mil boas ideias e técnicas.
Descobri também mais uma artista que estou a  adorar de ver os vídeos dela. France Papillon.




vou experimentar algumas destas ideias...

Workshop Copin - dia 12 de Julho

8 de julho de 2014

Ando toda entusiasmada com os projectos de art journal e mix media. Sei que não tenho colocado aqui muitas fotos, (ainda estamos num estado muito embrionário em termos de técnica), mas tenho feito montes de experiências.
O objectivo de um Art Jounal é mesmo esse, experimentar materiais e técnicas e descobrir qual o tipo de "artista" que somos. Eu cá já descobri que adoro misturar tudo. Colagens, tintas, papeis, carimbos... tudo.
No inicio sofria do síndrome "ai-que-isto-vai-ficar-mal".
Agora até me rio, claro que vai. Ninguém espera que corra bem à 1ª. Alias o primeiro arroz fica empapado ou queimado, o primeiro bolo fica pouco fofo, as primeiras fotos ficam muito escuras, e não é assim que aprendemos? A mim, essa parte já não me assusta...
Depois passei pelo síndrome "ai-que-estou-a-gastar-os-materiais-em-coisas-feias". Pois acontece! A solução passa por comprar para os primeiros trabalhos, materiais baratos.

Por isso, isto é um processo de aprendizagem e que eu estou a adorar.

Mas voltando ao titulo, pensando em técnicas e tais que eu gostava de aperfeiçoar, vou fazer um workshop todo catito sobre caixas e scrapbooking, na Copin. Por mais youtube que veja, há pormenores, e truques que se aprende vendo e falando com as pessoas.
Neste workshop vamos fazer uma caixinha toda de raiz intitulada de "Recordações". Vou depois oferece-la a minha sogra, para ela poder guardas algumas "recordações" que lhe são queridas. Acho que vai adorar.
Serão 3 horas de animação e muita aprendizagem, vai ser um máximo.


Férias de Verão.

São óptimas! Acho que estamos todos de acordo. Claro que normalmente são curtas. Pior, esperamos todo o ano por elas e quando elas chegam, reparamos que são só duas semanas... Depois há sempre uma ida as finanças ou ao banco que ficou para esta altura, há a matricula dos miúdos, os jantares combinados para estas altura... e o que sobra? 6 dia. buuuu
Não estou nada satisfeita com isto, não, não. Mas em vez de ficar rabugento e perder tempo a reclamar, toca a aproveitar as férias, a gozar o bom tempo, e a fazer planos para que se possa aproveitar cada dia!


#LikeAGirl

2 de julho de 2014

Gostei! Merece estar aqui no Coisas Simples. 

Google+ Followers

Com tecnologia do Blogger.
 

Seguidores